1 – Grades de ferro

Um dos materiais mais usados, pois possui resistência e durabilidade. Uma das grandes vantagens é que esse tipo de grade pode ser personalizada conforme a cor desejada. A desvantagem é que o ferro é um material que oxida fácil, portanto, precisa de manutenção.

De fato, o ferro costuma ser o material de escolha para grades personalizadas na frente de resistências, justamente por promover maior segurança.

2 – Alumínio

Esse é um modelo mais em conta, uma vez que as grades de alumínio são as mais em conta no mercado.

Por outro lado, esse modelo não permite tanta personalização, já que possuem uma cartela pequena de cores e não podem ser tão maleáveis quanto os modelos de ferro.

Além disso, o alumínio amassa com facilidade, não suportando tanto impacto.

3 – Metalon

O metalon é um material composto por ferro chumbado e galvanizado. Ou seja, ele fica entre o ferro e o alumínio em termos de versatilidade e durabilidade. Mas, vale lembrar, que o metalon também exige uma certa manutenção.

4 – Grades de madeira

A madeira também pode ser utilizada em diferentes projetos arquitetônicos em grades. Lembre-se que se a madeira for ficar exposta à ação do sol e da chuva, ela deve ser protegida com vernizes adequados.

Grades de maneira dão um visual mais rústico e acolhedor à fachada da residência. Embora mais limitada em termos de formato, apresentam várias possibilidades de cores.

5 – Fixas ou móveis

Grades móveis percorrem trilhos e assim, dão um aspecto mais suave, sobretudo se utilizadas em janelas.

Já as grades fixas são sempre a opção quando o assunto é segurança.

Agora que você já sabe quais são os principais tipos de grades existentes no mercado, vamos a algumas dicas importantes para você não errar na escolha.

Como não errar na escolha da grade?

Para não errar na escolha da grade, preste atenção em algumas dicas. Elas envolvem onde melhor colocar as grades, materiais, bem como onde usar diferentes opções de grades, para você se inspirar:

  • Por segurança maior, opte por grades de ferro. Você pode combiná-las com a cor da fachada;
  • Contraste também é interessante, portanto aposte em cores contrastantes e diferentes materiais na fachada;
  • Em casas com pé-direito alto e portas altas, você pode incrementar a porta com grades;
  • Grades podem substituir muros ou criar divisões, mostrando mais a residência;
  • As grades de ferro também podem transmitir detalhes, dando delicadeza como é o caso no qual há pequenas grades de ferro sobre vidros em portas principais;
  • Janelas de ferro também ganham ares de maior segurança e beleza com molduras de ferro;
  • Grades também podem servir para decoração de algum ambiente, podendo ser decoradas com fitas de luz LED;

Além disso, lembre-se sempre se aquela grade vai ficar exposta ao tempo e qual será a manutenção necessária. Afinal, se uma grande de ferro é bastante duradoura, é necessário lembrar que sua manutenção é mais frequente.

Fora que uma grade sem manutenção envelhece o imóvel e dá ares de desleixo. Portanto, a manutenção de qualquer que seja o modelo escolhido é essencial para manter a beleza do imóvel com o passar dos anos.

O ferro é um elemento muito utilizado no nosso dia a dia. Ele nos dá uma maior sensação de segurança por conta de ser um material robusto, por consequência, o portão de ferro nos faz sentirmos mais protegidos.

O ferro também dá um toque especial em termos de beleza e decoração, proporcionando um acabamento sofisticado e elegante.

Nesse post vamos mostrar tudo o que você precisa saber sobre o portão de ferro, além de apresentar várias fotos para você se inspirar! Continue lendo e confira!


Sobre o portão de ferro

O portão é a primeira parte de uma casa, condomínio ou empresa, dando segurança para o imóvel e seus usuários e, muitas vezes, ele serve como referência para encontrar o local.

Ele é um material versátil e pode ser incorporado a praticamente todos os estilos de portões, além disso, é fácil de combiná-lo com outros materiais, como a madeira e tijolos aparentes, deixando sua entrada mais charmosa.

Uma entrada moderna e bonita, sem dúvidas, contribui para valorizar o imóvel, e o melhor de tudo: o ferro é um material que tem um preço bem acessível.

O portão de ferro é o tipo mais comum para compor fachadas e proporcionar segurança ao imóvel pela resistência da sua matéria-prima. Mas, é comum de se observar uma certa confusão entre portão de ferro e o de aço.


Portão de Ferro ou portão de aço?

O ferro comercial não é considerado um material puro, uma vez que se tornaria uma matéria-prima muito cara. Assim, a maioria dos portões de ferro, na verdade, são de aço.

O aço é produzido a partir de minérios de ferro que são misturados com compostos de carbono, como cal e carvão.

Tanto o carvão como a cal são substâncias utilizadas para purificar o ferro, transformando-o em aço.

A resistência de um produto de ferro, portanto, é baseada na quantidade correta de carbono.

Enquanto o ferro possui na sua composição no máximo 0,08% de carbono, o aço tem 2% do elemento, o que o torna mais resistente. Acima desse valor o material torna-se um ferro fundido, e tem outras finalidades.

Por isso, muitas vezes, você está diante de um portão de ferro, que, na verdade, é produzido a partir do aço, material mais resistente para esse fim.


Características e vantagens dos portões de ferro

Um portão de ferro apresenta inúmeras características e vantagens.

Uma das principais, como já falamos, é o baixo custo e a grande variedade de tipos e modelos.

Ele também pode ser projetado para vários estilos, uma vez que o material pode ser curvado, arredondado, em linhas retas e até mesmo em chapas inteiras na construção, permitindo personalizá-lo do jeito que você quer.

Os modelos mais comuns são os deslizantes (portão de correr), os basculantes e os pivotantes.

Além da versatilidade na forma de uso, o portão de ferro apresenta vantagens para o proprietário do imóvel.

As principais são:

– Segurança do portão de ferro

O portão de ferro promove uma maior segurança ao imóvel por ser um material extremamente rígido.

Ele é capaz de suportar grandes impactos e vibrações, o que impede de forma mais eficaz qualquer tentativa de invasão ou destruição.

– Vida útil longa

Como o ferro é um material bem resistente, uma vantagem do portão é que, desde que receba os devidos cuidados, ele terá uma durabilidade grande.

O ferro é um produto duradouro, porém não tão resistente como o portão de alumínio. Para que o ferro tenha uma vida longa são necessárias pinturas frequentes para impedir o processo de oxidação.

– Mudança de visual

O portão de ferro pode ser pintado de forma fácil e isso proporciona a vantagem de você mudar o visual dele sempre que desejar ou necessitar.

Sua pintura pode ser feita com tinta esmalte que é acessível e tem uma ampla cartela de cores.

Navegação por posts

Open chat
Posso ajudar?